The use of Knowledge in Innovation Management: A Farming Producer Cooperation Network Ii Southern Brazil

Authors

  • Maria Emilia Camargo University of Caxias do Sul
  • Guilherme Cunha Malafaia University of Caxias do Sul
  • José Edson Azevedo da Silva University of Caxias do Sul
  • Daniela Gasperin University of Caxias do Sul
  • Uiliam Hahn Biegelmeyer University of Caxias do Sul
  • Paula Patricia Ganzer University of Caxias do Sul

Keywords:

Knowledge Management, Innovation, Cooperation, Network.

Abstract

Innovation is seen as a competitive advantage, where acquisition, use and dissemination of knowledge are preponderant factors when adding value and improving products, services and processes. Through a qualitative research on an exploratory case study, this paper aims to analyze the use of knowledge in the innovation management of APROCCIMA (Associação dos Produtores Rurais dos Campos de Cima da Serra) network. There were made, in July of 2013, semi-structured interviews with the 25 producers who constitute the network. The results have shown that knowledge acquisition occurs basically in two ways: a) external: by partnerships that the network has with other research and education institutes, such as EMBRAPA, EMATER, SEBRAE, SENAR and FARSUL and regional universities, and b) internal: by the experience exchange between the partner producers. Once established the use of knowledge, the network aims to implement the existent/acquired technology in their local productive context. The implementations may include from pasture improvement, with more nutritive and productive cultivars to the genetic improvements of the animals through the process of artificial insemination. The main requirements for innovation and use of knowledge, in APROCCIMA network, are present in the uncertainty arising from the existence of technical and economic problems whose solutions are unknown, in need of new technological opportunities, as well, the importance of tacit knowledge as a way of learning in the innovation process.

References

APROCCIMA. Associação dos Produtores Rurais dos Campos de Cima da Serra. Associação dos Produtores Rurais dos Campos de Cima da Serra, 2012. Avaiable in: <http://www.aproccima.com.br>. Accessed on: 26 Março, 2012.

BITENCOURT, Claudia (Org.). Gestão contemporânea de pessoas: novas práticas, conceitos tradicionais. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

BRESSANT, J.; TIDD, J. Inovação e Empreendedorismo. Porto Alegre: Bookman, 2009. ISBN 978-85-7780-511-2.

CHESBROUGH, H. W. Why Companies Should Have Open Business Models. MIT Sloan Management Review, Massachusetts, pp. 21-28, 2007.

CHOO, C. W. A Organização do Conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. Translation by Eliana Rocha. São Paulo: SENAC, 2003.

CORRÊA, G. N. Proposta de Integração de Parceiros na Formação e Gerência de Empresas Virtuais. São Paulo: Tese de Doutorado - USP, 1999.

DENZIN et al. Handbook of Qualitative Research. 3. ed. [S.l.]: Sage Publications, 2005.

EASTERBY-SMITH, M.; PRIETO, I. M. Dynamic Capabilites and Knowledge Management: an Integrative Role for Learning? British Journal of Management, pp. 235-249, 2008.

FIALHO, F. A. P. Empreendedorismo na era do conhecimento. Florianópolis: Visual Books, 2006. 188 p.

FREITAS, D. G. F.; KHAN, A. S.; SILVA, L. M. R. Nível tecnológico e rentabilidade de produção de mel de abelha (Apis mellifera) no Ceará. RER, Rio de Janeiro, v. 42, n. 1, pp. 171-188, 2004.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas, 2008.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2013. Avaiable in: <http://www.ibge.gov.br>. Accessed on: 28 Jun 2013.

KIM, D. The Link Between Individual and Organizational Learning. Sloan Management Review, 1993.

LAKATOS, E.; MARCONI, M. A. Técnicas de Pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragem e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. São Paulo: Atlas, 2008.

LEON, M. E. Uma Análise de Redes de Cooperação das Pequenas e Médias Empresas do Setor das Telecomunicações. Dissertação de Mestrado, São Paulo, 1998.

MALAFAIA, G. C. et al. Capital Social e a Construção da Confiança em Redes de Cooperação: mudando padrões de relacionamentos na pecuária de corte. EnANPAD, Rio de Janeiro, Setembro 2007.

NELSON, R. R.; WINTER, S. G. Evolutionary Theorizing in Economics. Journal of Economic Perspectives, Pittsburgh, 16, pp. 23-43, 2002.

NONAKA, Ikujiro; TAKEUCHI, Hirotaka. The Knowledge Creating Company: How Japanese Companies Create the Dynamics of Innovation. New York: Oxford University Press, 1995.

NONAKA, Ikujiro; TAKEUCHI, Hirotaka. Criação de conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. 6. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

OECD. proposed guidelines for collecting and interpreting technological innovation data: Oslo Manual. Tradução de FINEP. 2. ed. Paris: OECD, 2005.

OLAVE, M. E. L.; NETO, J. A. Uma Estratégia de Competitividade e Sobrevivência para Pequenas e Médias Empresas. Gestão & Produção, São Paulo, v. 8, n. 3, pp. 289-303, 2001.

PRAHALAD, C. K.; HAMEL, G. Competindo pelo Futuro: estratégias inovadoras para obter o controle do setor e criar os mercados de amanhã. Rio de Janeiro: Campus, 1995.

RIBAULT, M.; MARTINET, B.; LEBIDOIS, D. A Gestão das Tecnologias: coleção gestão & inovação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1995.

RODRIGUEZ, A.; DAHLMAN, C.; SALMI, J. Conhecimento e Inovação para a Competitividade. Tradução de Confederação Nacional da Indústria. Brasília: CNI, 2008. ISBN 978-85-88566-72-9.

RODRIGUEZ, A.; DAHLMAN, C.; SALMI, J. Conhecimento e Inovação para a Competitividade. Tradução de Confederação Nacional da Indústria. Brasília: CNI, pp. 92-195, 2008.

ROESE, M. A Metodologia do Estudo de Caso. Porto Alegre: Cadernos de Sociologia, v. 9, pp. 189-200, 1998.

SANTIAGO, J. R. S. J. Gestão do Conhecimento: a chave para o sucesso empresarial. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

SCHUMPETER, J. A. Capitalism, socilism and democracy. New York: Harper and Brothers , 1942.

SHREIBER, et al., Knowledge enginieering and management: the Common KADS Methodology. MIT Press. Cambridge. Massachussets, 2002.

SOUZA, M. D. Cooperação Inter-empresas difusção e das inovações oragnizacionais. SCTDE/FECAMP/UNICAMP-IE, São Paulo, 1993.

TEECE, D. J.; PISANO, G.; SHUEN, A. Dynamic Capabilities and Strategic Management. Strategic Management Journal, California, 18, 4, pp.509-533, 1997.

TIDD, J.; BESSANT, J.; PAVITT, K. Gestão da Inovação. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2008.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. 1928. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais: A pesquisa qualitativa em educação. 1. Ed. 21. Reimpr. São Paulo: Atlas, 2012.

VERGARA, S. C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. São Paulo: Atlas, 1997.

r[35] YIN, R. K. Estudo de Caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

Downloads

Published

2014-10-15

How to Cite

Camargo, M. E., Malafaia, G. C., Silva, J. E. A. da, Gasperin, D., Biegelmeyer, U. H., & Ganzer, P. P. (2014). The use of Knowledge in Innovation Management: A Farming Producer Cooperation Network Ii Southern Brazil. Asian Journal of Applied Sciences, 2(5). Retrieved from https://www.ajouronline.com/index.php/AJAS/article/view/1853

Most read articles by the same author(s)